A Autoridade Marítima Nacional alertou esta quinta-feira a população para não frequentar as praias no fim de semana prolongado, assumindo um comportamento de segurança e evitando a exposição ao risco de contágio de Covid-19.

Em comunicado, a entidade recomenda a toda a população que se mantenha afastada das praias neste fim de semana, para o qual está previsto um aumento das temperaturas.

A Autoridade Marítima Nacional sublinha que as praias ainda não são vigiadas por nadadores-salvadores, além de haver riscos para a saúde pública por causa da pandemia Covid-19.

A Polícia Marítima irá incrementar nos próximos dias a vigilância e fiscalização nas praias, com o objetivo de sensibilizar a população e evitar comportamentos de risco, salvaguardando a saúde pública”, pode ler-se no comunicado.

A Autoridade Marítima Nacional reforça que “é fundamental que os portugueses sigam as indicações e recomendações das autoridades e mantenham os comportamentos de segurança, a distância social e evitem expor-se desnecessariamente ao risco”.

Em Portugal, morreram 989 pessoas das 25.045 confirmadas como infetadas, e há 1.519 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

O primeiro-ministro, António Costa, depois de reunião do Conselho de Ministros, anunciou esta quinta-feira a aprovação da transição para o estado de calamidade. O Governo revelou ainda o plano de desconfinamento.

. / AG