O plano nacional de testagem à covid-19, esta terça-feira divulgado, prevê testagens dirigidas e programadas em contextos como eventos de massa e testagem generalizada que inclui os auto-testes.

Testagem dirigida, programada e generalizada são os três eixos de intervenção do plano de promoção da operacionalização da estratégia de testagem em Portugal, que pretende contribuir para o controlo da epidemia da covid-19 no país.

O plano elaborado pela ‘Task Force para a Testagem’, que já se encontra em fase de implementação, visa a “identificação precoce de casos assintomáticos de forma ativa, como resultado de uma testagem intensificada e dirigida, complementada com a criação de todas as oportunidades de testagem, com o envolvimento interinstitucional”.

Todos os testes devem ser realizados e interpretados de acordo com uma finalidade de diagnóstico ou de rastreio, tendo por base uma análise de risco que permita identificar, precocemente, os casos e minimizar o risco de transmissão na comunidade", refere o plano.

/ RL