A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro deteve, esta quarta-feira, um empresário de Águeda, suspeito de ter ameaçado com uma arma de fogo um vizinho e de lhe ter incendiado uma viatura, informou aquele órgão de polícia criminal.

Em comunicado, a PJ esclarece que o indivíduo, de 40 anos, foi detido pela prática dos crimes de incêndio, ameaças com arma de fogo e posse de armas e munições proibidas.

Os factos em investigação ocorreram no ano de 2018, concretamente as ameaças com armas de fogo e o incêndio de uma viatura automóvel, na sequência de litígios decorrentes das relações de vizinhança", refere a mesma nota.

Após a realização de buscas à residência do arguido, foi possível apreender uma pistola transformada de calibre 6,35 milímetros e mais de 50 munições do mesmo calibre, além de uma arma de alarme e munições para carabina e espingarda caçadeira.

O detido vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.