A Polícia Judiciária de Aveiro anunciou esta sexta-feira que desvendou o desaparecimento de um torneiro mecânico, localizando o corpo, e deteve a viúva, um sobrinho desta e dois amigos por alegada co-autoria no homicídio, escreve a Lusa.

De acordo com um comunicado da PJ, a vítima, de 43 anos, encontrava-se desaparecida desde os primeiros dias do ano, altura em que inesperadamente deixou de contactar a família, sendo também desconhecido desde então o paradeiro do automóvel que habitualmente utilizava.

O aparecimento da carteira da vítima numas redes de pesca, criou a suspeita de que a ausência não seria voluntária e a investigação levada a cabo permitiu esclarecer que fora vítima de homicídio, tendo sido localizado quer o corpo, quer o automóvel.

Segundo a PJ, «o crime terá sido concretizado na sequência de plano gizado pela esposa, uma mulher de 39 anos, em conjugação de esforços com um sobrinho e dois amigos, com idades compreendidas entre os 17 e os 20 anos, que foram detidos pela presumível co-autoria do crime de homicídio».

A investigação realizada pelo Departamento Criminal de Aveiro da Polícia Judiciária concluiu que os arguidos «agiram num quadro de frieza e motivação fútil, a troco de contrapartida de natureza material».
Redação / PP