"O mandado de detenção europeu, emitido pelo Tribunal de Braga, tem por base uma condenação daquele tribunal, para cumprimento de uma pena de dois anos e dois meses de prisão efetiva", refere o comunicado.