A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quarta-feira a detenção, na zona de Aveiro, de um sexagenário por suspeita de ter fornecido a portugueses cartas condução estrangeiras obtidas de forma fraudulenta na Venezuela, informa a Lusa.

«O arguido terá fornecido, ao longo dos últimos anos, mediante contrapartida financeira, cartas de condução a cidadãos nacionais obtidas fraudulentamente nesse país e que permitiram, por troca, a obtenção, nos serviços de viação nacionais, de licenças de condução portuguesas», afirma um comunicado do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro da PJ.

Fonte policial disse à Lusa que o homem era aposentado dos serviços de «Inteligência» da Venezuela, admitindo que tivesse usado os conhecimentos adquiridos nessa função para concretizar o esquema fraudulento.

O arguido, indiciado pela prática de múltiplos crimes de falsificação de documento autêntico, foi apresentado ao Tribunal de Vagos para aplicação de medidas de coacção.
Redação / CLC