Um homem de 43 anos foi detido na Azambuja pela presumível prática de crimes de pornografia infantil, envolvendo vítimas menores de 14 anos, anunciou hoje a Polícia Judiciária (PJ).

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, para efeitos de aplicação de medida de coação, acrescenta a PJ, sem mais detalhes sobre a decisão.

A detenção, no âmbito de uma investigação decorrente de cooperação internacional, foi feita através de Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica (UNC3T), numa ação de combate à pornografia de menores em rede ‘peer to peer’ (ponto a ponto).

Foi também apreendido material informático utilizado no alegado cometimento dos crimes, para ser sujeito a perícias, visando apurar a extensão da atividade e conexões criminosas da atividade ilícita.

Uma rede ‘peer to peer’ é uma rede de computadores interligados onde cada um dos pontos funciona como cliente e também como servidor, permitindo a partilha de dados sem necessidade de recorrer a um servidor central.

. / RL