Um projecto de luta contra a violência doméstica, que aposta no tratamento do agressor, está a ser desenvolvido em Barcelos. O «Espaço Mudança» funcionará no Centro de Saúde da cidade, três tardes por semana, e poderá «tratar» até 35 agressores.

«Normalmente, os projectos de luta contra a violência doméstica incidem apenas sobre a vítima, mas nós consideramos que é também muito importante «trabalhar» o agressor», indicou Marta Lopes, uma das responsáveis pelo projecto «A teu lado», desenvolvido pelo Grupo de Acção Social Cristã (GASC) de Barcelos, que arrancou em Agosto de 2010 para decorrer até final de 2013.

De acordo com a Lusa, o objectivo do projecto é diminuir o comportamento violento, tanto em frequência como em intensidade, e prevenir replicação de relações de intimidade pautadas por violência.

O tratamento contará com a ajuda de um psicólogo, um psiquiatra e um técnico de serviço social, todos com formação adequada.

«Os agressores podem inscrever-se de livre vontade, mas também podem ser-nos enviados por outras instituições que de uma forma ou de outra estejam ligados à problemática da violência doméstica», explicou Marta Lopes, uma das responsáveis pelo projecto «A teu lado».

O espaço pretende promover competências de gestão da raiva, da frustração, do impulso e da assertividade dos agressores, e favorecer o ajustamento psicológico dos mesmos, despistando-se e intervindo-se em casos de psicopatologia.

O projecto «A teu lado» também já trabalhou directamente com vítimas de violência doméstica e inclui ainda acções de sensibilização e de informação a técnicos e profissionais de atendimento directo, das áreas da Saúde, Emprego, Serviço Social, além de polícias e juristas, «fornecendo-lhes as ferramentas adequadas para detectar, encaminhar e proteger as vítimas».
Redação / IPL