Um jovem português, de 20 anos, está desaparecido na República Checa desde a madrugada de sábado, 6 de novembro.

O alerta foi dado pela ISMAP, associação de estudantes internacionais da universidade que frequenta, a Charles University – Faculdade de Medicina de Pilsen.

Tomás Alcaravela foi visto a entrar no seu apartamento pelas 05:00 de sábado, vindo de uma discoteca na mesma rua. Contudo, terá voltado a sair de casa já nas primeiras horas da manhã.

O caso está a ser investigado pelas autoridades checas e acompanhado pelo Governo português. “Estamos em contacto com as autoridades locais e com a família”, garantiu à TVI24 a secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes.

A associação de estudantes marcou para a tarde desta segunda-feira, 8 de novembro, uma ação coletiva para tentar encontrar os jovens.

Segundo a rádio “Antena Livre”, de Abrantes, a terra natal de Tomás Alcaravela, familiares do jovem já rumaram à cidade checa.

Quando desapareceu, o português usava uma t-shirt azul com gola em V, calças de ganga e sapatilhas pretas.

Foram feitas tentativas de localização a partir do telemóvel e buscas nos hospitais próximos, até ao momento sem sucesso.

Redação