Portugal registou, esta segunda-feira, mais duas mortes e 435 novos casos de covid-19, de acordo com o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Grande maioria dos casos foram notificados em Lisboa e Vale do Tejo (240). 

As vítimas mortais foram registadas nas regiões Norte e Centro.

O índice de transmissibilidade (Rt) fixa-se nos 1,07 a nível nacional. A incidência subiu, passando de 59,6 para 63,3 casos por 100 mil habitantes a nível nacional e de 56 para 60,4 casos por 100 mil habitantes no continente nos últimos 14 dias.

Nas últimas 24 horas recuperaram da doença mais 322 pessoas. 

Boletim DGS - 31 de maio by TVI24 on Scribd

Relativamente aos internamentos, há mais 12 pessoas em enfermaria, totalizando 283, mas menos duas em Unidade de Cuidados Intensivos (UCI), totalizando 52.

Os dados divulgados pela DGS mostram também que estão ativos mais 111 casos, para um total de 22.933, e que 322 pessoas foram dadas como recuperadas nas últimas 24 horas, num total de 809.135 recuperados.

O número de contactos em vigilância pelas autoridades de saúde subiu em 279 totalizando agora 24.126.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram em Portugal 17.025 pessoas.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nos idosos com mais de 80 anos, seguidos da faixa etária entre os 70 e os 79 anos.

Do total de mortes, 11.186 eram pessoas com mais de 80 anos, 3.629 com idades entre os 70 e os 79 anos, e 1.532 tinham entre os 60 e os 69 anos.

Cláudia Évora