Portugal regista esta quarta-feira 2.362 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, um valor semelhante a dados de meados de fevereiro, quatro mortos com covid-19 e um aumento nos internamentos.

Desde o dia 17 de fevereiro, quando se registaram 2.324 contágios, que o número de novos casos diários não ultrapassava os dois mil.

No boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) assinala-se que estão hoje internadas 504 pessoas com covid-19, mais 12 do que na terça-feira, 120 das quais em unidades de cuidados intensivos, mais uma.

A área de Lisboa e Vale do Tejo tem 56,5% do total das novas infeções, concentrando 1.336 novos casos.

Incidência continua a subir e índice de transmissibilidade mantém-se

A incidência da infeção com o coronavírus SARS-CoV-2 em Portugal continental continua a subir, estando hoje nos 176,9 casos por 100.000 habitantes, assim como na totalidade do território que é agora de 172,8, revelam dados oficiais.

Na segunda-feira, a incidência da infeção com o coronavírus SARS-CoV-2 em Portugal continental estava nos 161,7 casos por 100.000 habitantes, enquanto o valor para a totalidade do território se situava nos 158,5.

De acordo com o boletim epidemiológico conjunto da Direção-Geral da Saúde (DGS) e do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), o índice de transmissibilidade (Rt) mantém-se nos 1,14 em todo o território nacional e sobe de 1,14 para 1,15 em Portugal continental.

Os dados do índice de transmissibilidade e da incidência a 14 dias são atualizados à segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira.

Estes indicadores – o índice de transmissibilidade do vírus e a taxa de incidência de novos casos de covid-19 – são os dois critérios definidos pelo Governo para avaliar o processo de desconfinamento iniciado a 15 de março.

Nos concelhos de baixa densidade populacional, que representam mais de metade do território continental, a linha vermelha que obriga os municípios a recuar no plano de desconfinamento está fixada nos 480 casos por cem mil habitantes nos últimos 14 dias e os restantes concelhos ficam sob alerta quando ultrapassarem os 240 casos por cem mil habitantes no mesmo período.

Relatório de Situação de 30 de junho de 2021 by TVI24 on Scribd

Rafaela Laja