Portugal regista esta sexta-feira mais 2.899 casos e 31 óbitos por covid-19 nas últimas 24 horas, indica o relatório de situação divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Os dados desta sexta-feira elevam o número de mortes para 2.276, num total de 112.440 casos desde o início da pandemia.

Desde 24 de abril - dia em que se registaram 34 mortes - que o número de óbitos pelo novo coronavírus em Portugal não era tão elevado.

Os internamentos hospitalares atingiram esta sexta-feira um novo recorde desde o início da pandemia, com o registo de mais 53 pessoas internadas nas últimas 24 horas totalizando 1.418. Na quinta-feira, os dados davam conta da existência de 1.365 casos, superando o valor máximo registado em abril de 1.302. 

Boletim Epidemiológico de 23 de outubro de 2020 by TVI24 on Scribd

Segundo o boletim epidemiológico, das 31 mortes registadas, 14 ocorreram na região Norte, nove em Lisboa e Vale do Tejo, cinco no Centro, duas no Alentejo e uma no Algarve.

Nas últimas 24 horas 1.349 doentes recuperaram, totalizando 65.880 desde o início da pandemia.

A região Norte continua a registar o maior número de novas infeções diárias, registando hoje mais 1.516 casos, totalizando 46 391, e 1.001 mortos desde o início da pandemia.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificados mais 918 casos de infeção, contabilizando a região 51.313 casos e 913 mortes.

Na região Centro registaram-se 364 novos casos, contabilizando 9.388 infeções e 290 mortos.

No Alentejo foram registados 53 novos casos de infeção, totalizando 2.272 com um total de 33 mortos desde o início da pandemia.

A região do Algarve tem hoje notificados mais 38 casos de infeção, somando 2.373 casos e 24 mortos.

Na Região Autónoma dos Açores foram registados mais dois casos nas últimas 24 horas, somando 334 infeções detetadas e 15 mortos desde o início da pandemia.

A Madeira registou oito novos casos nas últimas 24 horas, contabilizando 369 infeções, sem óbitos até hoje.

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções.

No total, o novo coronavírus já afetou em Portugal pelo menos 51.125 homens e 61.315 mulheres, de acordo com os casos declarados.

Do total de vítimas mortais, 1.154 eram homens e 1.122 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nas pessoas com mais de 80 anos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 41,3 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Rafaela Laja