Portugal registou esta sexta-feira mais seis mortes e 888 novos casos de infeção por covid-19, segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 1.983 mortes e 77.284 casos de infeção, estando hoje ativos 25.942 casos.

A DGS indica que das seis mortes registadas, cinco ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo, onde também se verifica o maior número de infeções, e uma na região Norte.

Relativamente aos internamentos hospitalares, o boletim revela que nas últimas 24 horas não há registo de novos internamentos, mantendo o número de quinta-feira de 682 pessoas.

O mesmo ocorreu com os cuidados intensivos, onde estão 107 pessoas sem que tenha sido registada nova entrada nas últimas 24 horas.

Boletim DGS - 2 de outubro by TVI24 on Scribd

O boletim refere ainda que as autoridades de saúde têm em vigilância 45.613 contactos, mais 429 em relação a quinta-feira, e que foram dados como recuperados nas últimas 24 horas 422 doentes.

Desde o início da pandemia em Portugal já recuperaram da doença 49.359 pessoas.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificados mais 381 novos casos de infeção, contabilizando a região 39.488 casos e 775 mortes.

A região Norte regista hoje mais 363 novos casos de covid-19, totalizando 27.732 e 888 mortos desde o início da pandemia.

Na região Centro registaram-se mais 82 casos, contabilizando 6.294 infeções e 263 mortos.

No Alentejo foram registados mais dois novos casos de covid-19, totalizando 1.512, mantendo-se os 23 mortos anteriormente registados.

A região do Algarve tem hoje notificados mais 50 casos de infeção, somando 1.743 casos e mantém os 19 mortos.

Na Região Autónoma dos Açores foram registados cinco novos casos nas últimas 24 horas, somando 280 infeções detetadas e 15 mortos desde o início da pandemia.

A Madeira registou cinco casos nas últimas 24 horas, contabilizando 235 infeções, sem óbitos até hoje.

Os casos confirmados distribuem-se por todas as faixas etárias, situando-se entre os 20 e os 59 anos o registo de maior número de infeções. A faixa etária 40 e os 49 é a que regista o valor mais elevado.

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 35.060 homens e 42.224 mulheres, de acordo com os casos declarados.

Do total de vítimas mortais, 993 eram homens e 990 mulheres.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se nas pessoas com mais de 80 anos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão de mortos e mais de 34,3 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Lara Ferin