A Protecção Civil regista cinco incêndios florestais no país, nos distritos de Castelo Branco, Braga, Vila Real, Viseu e Porto, sendo que o incêndio no concelho da Covilhã é aquele que envolve mais meios, escreve a Lusa.

No site da Autoridade Nacional de Protecção Civil, às 16h30, constava informação acerca dos fogos que afecam o país, sendo o incêndio em São Jorge da Beira, Covilhã, distrito de Castelo Branco, aquele que conta com mais meios: 192 operacionais, 52 veículos e 11 meios aéreos.

Este fogo, que teve início cerca das 14h00, tem duas frentes acivas e consome pinhal.

Já o fogo na freguesia de Ribas, Celorico de Basto, distrito de Braga, tem uma frente aciva, estando a arder eucalipto.

No local estão 20 bombeiros, apoiados por seis veículos, bem como um helicóptero bombardeiro pesado.

Em Reigáz, Chaves, distrito de Vila Real, o incêndio tem três frentes e no local estão 59 operacionais, com 14 veículos.

No concelho de Viseu, em Termas de Alcafache, está a lavrar um «incêndio com várias frentes», em mato e pinhal, desde as 15h11.

No combate às chamas estão 81 operacionais, 76 dos quais bombeiros, apoiados por 22 veículos.

Por último, há um incêndio com uma frente em Monte da Meda, Gondomar, distrito do Porto, desde as 14h27. O fogo está a ser combatido por 16 bombeiros da corporação da Lourosa.
Redação / PP