Quinze incêndios destacavam-se entre os mais de cinquenta activos em Portugal às 17:00 desta terça-feira segundo a página da Autoridade Nacional de Protecção Civil, com os fogos no distrito de Viseu a mobilizarem maiores meios, noticia a Lusa.

Em Candal, São Pedro do Sul, onde começou um incêndio há quatro dias, o fogo está dominado mas continua a mobilizar 485 elementos, 113 viaturas e dois meios aéreos.

Esta tarde deflagrou outro fogo em Santo Amaro de Tavares, no concelho de Mangualde, combatido por 136 elementos, 33 viaturas, dois helicópteros e dois aviões.

Outro incêndio a mobilizar mais de uma centena de elementos registava-se em Estreito, concelho de Oleiros, distrito de Castelo Branco, a ser combatido por 138 elementos, apoiados por 35 viaturas, dois helicópteros e quatro aviões.

No distrito de Viana do Castelo registavam-se cinco incêndios activos: na Mata Velha, concelho de Vila Nova de Cerveira, 40 bombeiros com dez viaturas tentavam conter as chamas, como nas localidades de Boi Vivo (Ponte da Barca), com 17 elementos e cinco viaturas, em Mezio/Travanca (Arcos de Valdevez), com dez elementos, duas viaturas e um helicóptero, Touvedo (Ponte da barca), com seis elementos e duas viaturas e em Coqueira (Paredes de Coura), mobilizando dez bombeiros e quatro viaturas.

Quanto ao distrito de Braga, tinha três incêndios activos: em Carreira (Póvoa de Lanhoso), a ser combatido por nove elementos com três viaturas, em Calcedónia (Terras do Bouro), mobilizando 38 elementos e onze viaturas e ainda no concelho de Terras do Bouro, em Vilarinho das Furnas, a mobilizar 59 elementos, 15 viaturas, quatro helicópteros e três aviões.

Dois incêndios lavravam às 17:00 no distrito do Porto, um em Casa Nova, concelho de Baião, combatido por 25 bombeiros e seis viaturas, e um outro na localidade de Monte Meda, concelho de Gondomar, a mobilizar 59 elementos, 16 viaturas e três helicópteros.

No distrito da Guarda, 59 elementos apoiados por 15 viaturas e um helicóptero enfrentavam um incêndio na localidade de Porto Ovelha, concelho de Almeida.

Na localidade de Santa Eugénia, concelho de Alijó, distrito de Vila Real, o fogo era combatido por 42 elementos, onze viaturas e dois aviões.
Redação