O incêndio que deflagrou, esta quinta-feira à tarde, numa zona de mato em Guetim, concelho de Espinho, foi dominado pelos bombeiros.

Fonte dos bombeiros voluntários de Espinho tinha dado conta à Lusa que se tratava de um incêndio de “grandes dimensões”, que tinha começado num restaurante e ameaçava casas e escolas.

No entanto, segundo o que a TVI apurou no local, o fogo deflagrou numa zona de pinhal e só chegou a estar perto de um quintal de uma casa, não tendo provocado danos nem vítimas.

No local estiveram, segundo a página da Proteção Civil, 28 operacionais, apoiados por oito viaturas.