Um jovem de 19 anos foi condenado a 40 dias de trabalho comunitário e a pedir desculpas públicas por injuriar e ameaçar um polícia na semana do caloiro, em Bragança, divulgou hoje a PSP.

O episódio aconteceu na madrugada de hoje, por volta das 05:30, no pavilhão do Nerba (associação empresarial de Bragança), onde decorrem os espetáculos musicais da Semana de Receção ao Caloiro do Instituto Politécnico (IPB).

Segundo informação divulgada, em comunicado, pelo Comando Distrital de Bragança da PSP, o jovem de 19 anos, natural de Vila Real, “sem que nada o fizesse prever, dirigiu-se a um polícia de serviço ao evento, injuriando-o com diversos impropérios e proferindo ameaças contra a sua integridade física”.

“Perante tal comportamento, inadmissível e ofensivo da autoridade formal do Estado, foi detido e conduzido às instalações policiais, onde depois de notificado compareceu à autoridade judiciária”.

Depois de ouvido em Tribunal, o indivíduo foi condenado a “40 dias de trabalho a favor da comunidade e um pedido de desculpas ao polícia e à instituição ofendidos na sua honra”, de acordo com a PSP.

No comunicado, “a Polícia de Segurança Pública e o Comando de Polícia de Bragança reforçam que consideram intolerável qualquer comportamento de resistência, coação e agressão gratuita sobre os seus profissionais”.

/ RL