“Pus a nota de 100 euros em cima do balcão, para confirmar se era verdadeira, mas no mesmo momento entrou uma mulher que comprou uma revista com o preço de 1,80 euros e pagou com uma nota de 50 euros”, contou.


“O homem levou a nota, levou os 96 euros de troco e ainda ficou com o Euromilhões registado. Agora, para cúmulo, só falta mesmo que tenha apostado nos números e nas estrelas da sorte”, gracejou.




“Pelo menos, a nota de 50 euros com que a mulher pagou a revista era verdadeira”, disse ainda.