Quatro homens suspeitos de relação com o grupo de motociclistas que perturbou o funeral de uma das três vítimas de um acidente ocorrido em 21 de fevereiro, na Segunda Circular, em Lisboa, foram esta segunda-feira detidos, anunciou a PSP.

De acordo com um comunicado divulgado pela Direção Nacional da PSP, os quatro suspeitos, com idades entre 21 e os 35 anos, foram detidos “na sequência de diligências” feitas esta segunda-feira no âmbito de uma investigação a um grupo de motociclistas que perturbou o funeral de uma das pessoas que morreu depois de um acidente na Segunda Circular.

A PSP já tinha anunciado que estavam três pessoas sob custódia policial, mas confirmou agora a detenção de quatro pessoas, acrescentando que “as diligências policiais ainda não se encontram concluídas”.

Os quatro homens “serão oportunamente presentes à autoridade judiciária”, prossegue a nota, acrescentando que os suspeitos se encontram indiciados pelos crimes de “resistência e coação sobre funcionário, ameaça agravada, injúria agravada, condução perigosa e detenção de arma proibida”.

No âmbito das buscas feitas pela PSP foram ainda apreendidos três motociclos e uma arma de fogo.

A detenção ocorreu na sequência de execução de mandados de busca por comportamentos desordeiros e hostis contra polícias, tendo sido hoje executados quatro mandados de busca em residências nos concelhos de Lisboa, Amadora, Loures e Sintra.

As homenagens realizadas pelos amigos e familiares às três vítimas mortais do violento acidente na Segunda Circular, em Lisboa, ficaram marcadas por momentos de grande tensão com agentes da Polícia de Segurança Pública.

Nas imagens é possível ver a polícia a recuar caminho e o carro de patrulha a ser completamente cercado por motards. Um dos agentes chega mesmo a puxar uma arma numa tentativa de neutralizar a situação. Há momentos em que é visível alguns dos agentes rodeados de pessoas.

Também é possível ouvir o ruído em excesso provocado pelos motociclistas. Estes incidentes ocorreram na zona da Amadora.

Andreia Miranda / Atualizada às 19:50