“Este diploma visa a simplificação e modernização da atividade administrativa relacionada com a obtenção da habilitação necessária para o exercício da caça, eliminando as especificações da carta de caçador, passando esta a depender apenas da aprovação em exame e do pagamento da taxa respetiva”, informa o comunicado emitido após a reunião do Conselho de Ministros.