O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) informou hoje que, desde o início da manhã, estão a ser registadas descargas elétricas e precipitação contínua na maioria das estações meteorológicas do grupo Oriental dos Açores.

“Desde as 07:00 de hoje se registam descargas elétricas no sistema de deteção do IPMA. Também, desde as 05:00 se verifica precipitação contínua na maioria das estações meteorológicas do Grupo Oriental (São Miguel e Santa Maria)”, adianta um comunicado enviado às redações.

O agravamento do estado do tempo nos Açores, nos últimos dias, deve-se à passagem, a norte do arquipélago, da depressão Callum, com um sistema frontal associado.

De acordo com o IPMA, prevê-se para "as próximas horas uma tendência para a intensificação da precipitação, que será acompanhada de trovoada, especialmente, na tarde de hoje".

A meteorologia aponta para uma melhoria gradual do estado do tempo a partir das 18:00 de hoje.

Aviso laranja por causa do mau tempo até às 18:00 

Entretanto, a Proteção Civil dos Açores estendeu até às 18:00 locais (mais uma em Lisboa) o aviso de mau tempo devido à precipitação forte e trovoada previstas para o grupo Oriental (São Miguel e Santa Maria).

As ilhas daquele grupo estão sob aviso laranja por causa da precipitação entre as 11:00 e as 18:00 locais (mais uma hora em Lisboa) de hoje. São Miguel e Santa Maria estão ainda sob aviso amarelo devido à precipitação entre as 18:00 e as 22:00 de hoje. O aviso amarelo para as duas ilhas do grupo oriental é referente também a trovoada no período entre as 11:00 e as 21:00 de hoje.

Devido ao mau tempo, a SATA Air Açores, que realiza as ligações entre as nove ilhas dos Açores, cancelou o voo Horta/Flores/Horta, num total de 135 passageiros, de acordo com o porta-voz da companhia aérea açoriana, António Portugal.

O aviso laranja é o segundo mais grave de uma escala de quatro e indica situação meteorológica de risco moderado a elevado. O aviso amarelo, o terceiro mais grave, representa uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Face a estas previsões, o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores recomenda que sejam tomadas medidas de autoproteção como guardarem objetos soltos do jardim, fecharem bem portas, janelas e persianas ou abrigarem os animais, entre outras.

Fonte do SRPCBA contactada pela agência Lusa disse não haver até ao momento registo de qualquer ocorrência relacionada com o mau tempo.