O tempo quente vai regressar ao continente, prevendo-se a partir de terça-feira uma subida gradual dos valores da temperatura, sendo que a máxima no sábado pode chegar aos 35 graus em algumas regiões, segundo o IPMA.

A meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), Ângela Lourenço, explicou à Lusa que a temperatura desce hoje ligeiramente em comparação com domingo, mas a tendência a partir de terça-feira é para uma subida gradual das temperaturas.

Vamos continuar com céu em geral pouco nublado, vento a soprar do quadrante norte, mais intenso no litoral e nas terras altas, e temperaturas acima do normal para a época. (…) Todos os dias as temperaturas vão subir um bocadinho. Espera-se que no final da semana as máximas sejam superiores a 30 graus e acima dos 35 em alguns locais do interior sul e centro”, indicou.

A especialista do IPMA adiantou que, de acordo com as informações disponíveis hoje, o dia mais quente será sábado.

O tempo quente e seco esperado para os próximos dias vai trazer um elevado risco de incêndio, segundo Ângela Lourenço.

Estas condições meteorológicas são típicas de verão e não são favoráveis à prevenção e ao combate aos incêndios. Vamos ter tempo quente e seco e humidade muito baixa. A tendência é para os valores de humidade baixarem mesmo durante o período noturno e haverá vento com alguma intensidade”, frisou.

De acordo com Ângela Lourenço, o vento vai continuar a soprar do quadrante norte e a meio da semana há uma rotação para o quadrante leste, esperando-se agitação marítima um pouco mais elevada na costa sul do Algarve.