O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê para esta quinta-feira no continente céu muito nublado no litoral Norte e Centro até ao meio da manhã, vento moderado a partir da tarde e pequena descida da temperatura máxima, exceto no Algarve.

As temperaturas mínimas vão variar entre os 15 graus Celsius (em Bragança) e os 23 (em Faro) e as máximas entre os 24 (em Aveiro) e os 37 (em Castelo Branco).

Assim, Portugal continental e o arquipélago da Madeira apresentam hoje risco muito elevado de exposição à radiação ultravioleta (UV).

Em risco muito elevado está também a ilha Terceira, grupo central dos Açores.

Ainda neste arquipélago, a ilha de São Miguel está com níveis elevados e Faial e Flores apresentam um risco moderado.

Para as regiões com risco muito elevado, o IPMA aconselha a utilização de óculos de sol com filtro UV, chapéu, 't-shirt', guarda-sol, protetor solar e evitar a exposição das crianças ao Sol.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 de cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Risco de incêndio

Cerca de 40 concelhos dos distritos de Viseu, Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Santarém e Faro apresentam hoje risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA colocou também em risco muito elevado de incêndio vários concelhos dos distritos de Vila Real, Bragança, Viseu, Porto, Guarda, Coimbra, Leiria, Lisboa, Santarém, Castelo Branco, Portalegre, Beja e Faro.

De acordo com o IPMA, o risco de incêndio vai manter-se elevado pelo menos até ao início da próxima semana.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo.

Os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Ilhas das Flores e Corvo sob aviso amarelo devido a chuva

As ilhas das Flores e do Corvo estão hoje sob aviso amarelo até às 24:00, devido a chuva forte, que pode ser acompanhada por trovoada, informou o IPMA.

A nota remetida pelo Serviço Regional de Bombeiros e Proteção Civil dos Açores (SRPCBA), dá conta de que as ilhas do grupo Ocidental açoriano estão sob aviso amarelo desde as 11:00 de hoje por causa da “precipitação por vezes forte”.

Em causa está “uma ondulação frontal” que “está a condicionar o estado de tempo nas ilhas do grupo Ocidental”, esclarece o comunicado.

A Proteção Civil aconselha a limpeza dos sistemas de drenagem e recomenda à população que evite circular sem necessidade.

O aviso amarelo é emitido em casos de "situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica", explica o IPMA.

É o segundo menos grave de uma escala de quatro cores, que passa pelo verde, amarelo, laranja e vermelho, numa ordem crescente de gravidade.

/ AM - notícia atualizada às 13:41