O namorado do jovem que foi encontrado carbonizado debaixo de um carro nas Caldas da Rainha foi detido, esta terça-feira, pela Polícia Judiciária. O homem, de 31 anos, é suspeito da da prática dos crimes de Homicídio Qualificado, Incêndio e Profanação de Cadáver.

O corpo do jovem carbonizado foi encontrado em Vale do Coto, nas Caldas da Rainha.

Em comunicado, a PJ informa que "o crime ocorreu no pretérito dia 15 de abril de 2019 na zona das Caldas da Rainha, tendo o cadáver da vítima sido encontrado numa zona de mato, sob um veículo automóvel, apresentando-se destruído por ação do fogo, tal como o próprio veículo em que se fazia transportar".

A vítima encontrava-se desaparecida desde o mesmo dia, tendo o seu desaparecimento sido reportado à GNR - que colaborou na investigação - por familiares.

"Na sequência das diligências efetuadas de forma praticamente ininterrupta desde o passado dia 17 de abril, foi possível no dia de ontem, localizar o cadáver da vítima, bem como o veículo automóvel em que se fazia transportar, situados ambos numa zona de mato, próximo de Caldas da Rainha. As diligências efetuadas permitiram ainda determinar que a vítima se encontrou pessoalmente com um indivíduo do sexo masculino residente na zona das Caldas da Rainha, tendo-se verificado a prática dos crimes por parte do suspeito na sequência do encontro pessoal", acrescenta o comunicado.

O corpo foi levado pelos bombeiros para ser autopsiado no Instituto de Medicina Legal.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial no dia de hoje, para aplicação de medida de coação adequada à gravidade da sua conduta.