Catalina Pestana, antiga provedora da Casa Pia de Lisboa, considerou que a entrevista de Carlos Silvino à revista «Focus» onde vem desmentir todas as acusações feitas no processo são «uma encenação patética com um mau encenador e um autor de texto pouco inteligente».

Carlos Silvino - o motorista da instituição conhecido por «Bibi» condenado a 18 anos de prisão por abuso de menores na Casa Pia - disse em entrevista à publicação que mentiu em tribunal e também que desconhecia todos os outros arguidos.

«Cenas deste tipo foram apresentadas em vários momentos do processo. Já estou habituada. Só tenho pena de que o senhor Carlos Silvino e os seus apaniguados não deixem os miúdos reconstruírem a sua vida. Pela minha parte, dei a cara pelas vítimas e continuo a dar», disse em declarações ao jornal «Correio da Manhã».

Na sequência das declarações de Carlos Silvino, a defesa de Carlos Cruz já disse que pretende que o antigo motorista volte a depor.
Redação / PO