A GNR de Lisboa, através do Núcleo de Investigação de Crimes e Contraordenações Ambientais, resgatou, esta quarta-feira, mais de cem animais vítimas de maus tratos na localidade Casal do Lapão.

Em comunicado, aquela força policial revela que foi identificada uma mulher, com 56 anos, pela prática do crime de maus tratos a animais de companhia. 

O resgate aconteceu no âmbito de uma investigação que decorria há cerca de dois meses.

Durante uma busca domiciliária, "foi possível constatar que os animais viviam em más condições higienossanitárias, sem qualquer tipo de assistência médico-veterinária, encontrando-se a superfície do alojamento coberta de dejetos", tendo sido recolhidos "na totalidade 109 animais de companhia, nomeadamente 98 cães e 11 gatos".

Os animais foram sujeitos a triagem veterinária, tendo sido entregues a várias associações para lhes serem prestados, não só cuidados médico-veterinários, como outras condições que proporcionem bem-estar animal.

A suspeita foi constituída arguida e os factos remetidos para o Tribunal Judicial de Vila Franca de Xira.

/ AM