1.591 casais





“O que aconteceu, a partir daí, foi mais pessoas a poderem casar-se e a partilharem a felicidade de outras. Isso ajuda a desfazer silêncios e entraves que têm sido colocados sistematicamente, sem qualquer tipo de justificação possível, às relações entre pessoas do mesmo sexo”, disse Paulo Côrte-Real.








“Estes são três grandes problemas que ainda não se conseguiram arredar, não tanto da mentalidade portuguesa, mas sobretudo da mentalidade homofóbica de alguns governantes”, criticou.


“Optou por deixar crianças desprotegidas para afirmar o preconceito e isso já não é aceitável” depois do exemplo dado em 2010 com o acesso ao casamento por casais do mesmo sexo.