A PSP encontrou telemóveis roubados em Carcavelos e na Parede à venda numa loja de Cascais.

O proprietário do estabelecimento, de compra e venda de telemóveis, foi identificado, estando "fortemente indiciado da prática do crime de receptação".

Os telemóveis foram roubados por um jovem de 21 anos, que se encontra já detido, sob ameaça de arma branca.

A busca surge na sequência de uma detenção realizada no dia 27 de abril do presente ano baseada na suspeita da prática de um crime de roubo agravado na forma consumada, três crimes de roubo na forma consumada, um crime de extorsão na forma tentada, dois crimes de coação na forma tentada e um crime de acesso ilegítimo, por parte de um homem de 21 anos de idade, o qual se encontra atualmente sujeito à medida de coação de prisão preventiva. Havendo fortes indícios que o suspeito teria vendido alguns dos telemóveis roubados na loja alvo de busca, os Polícias  desenvolveram uma investigação que permitiu recolher diversos elementos de prova, demonstrando, assim, que entre os meses de novembro de 2020 e fevereiro de 2021, nas zonas de Carcavelos e Parede, o homem terá abordado diversas vítimas, as quais por si escolhidas por possuírem compleição física inferior à do mesmo, após o que sob ameaça de arma branca, telemóveis e dinheiro, colocando-se de seguida em fuga", explica a PSP, em comunicado divulgado nesta quinta-feira.

Na loja, alvo de "um mandado de busca e apreensão", foram apreendidos cinco telemóveis, "os quais se veio a apurar terem sido provenientes da prática de roubos".

Os cinco aparelhos apreendidos foram, entretanto, entregues aos seus legítimos proprietários.

Catarina Machado