O Ministério Público está a pedir a condenação de um homem que está acusado de ter agredido a mulher, no local onde os dois trabalhavam, no Amial, Porto. O homem terá admitido algumas das agressões, mas rejeita outras acusações.

O arguido, de 54 anos, e a vítima, de 45, trabalhavam numa farmácia, local onde terão acontecido as agressões.

A mulher descreveu o momento da agressão: "Deu-me duas cabeçadas".

A vítima foi transportada para o hospital devido a uma fratura num braço e a um traumatismo craniano.

Que lhe seja aplicada uma pena exemplar", referiu a vítima.

/ AG