Três jovens de 16, 18 e 19 anos foram detidos esta terça-feira em flagrante delito pela Polícia de Segurança Pública na sequência de vários assaltos violentos, na cidade do Porto.

O juiz de instrução criminal do Porto decidiu aplicar a medida de prisão preventiva aos jovens, que estavam institucionalizados no Centro Juvenil de Campanhã.

Os suspeitos utilizavam essencialmente o Metro do Porto como meio de transporte e fuga após os roubos violentos que praticavam. As vítimas eram sobretudo adolescentes ou turistas.

As primeiras denúncias chegaram à PSP no início de setembro. Na sequência da investigação, as autoridades conseguiram cercar o grupo, na noite de terça-feira, depois dos jovens terem feito dois roubos violentos de seguida.