O PCP apelou hoje à participação dos jovens na manifestação da CGTP-Intersindical marcada para sábado em Lisboa, afirmando que estarão a lutar por uma «vida digna» que as «opções políticas desastrosas» do Governo podem comprometer.

De acordo com a Lusa, em conferência de imprensa, o dirigente Paulo Raimundo, da Comissão Política do Comité Central, dirigiu-se às «novas gerações» para que «prossigam e intensifiquem a sua luta», lembrando que «mais de 400 mil jovens» estão entre os 1,2 milhões de desempregados actualmente em Portugal.

O PCP considera que o Governo, apostado em cumprir o «pacto de agressão» celebrado com a troika, condena os jovens «à dependência e ao empobrecimento».

«Confiança, capacidade, irreverência, determinação e criatividade» é o que os comunistas pedem às novas gerações, apelando a que «transformem no próximo dia 11 o Terreiro do Paço na grande praça da luta da juventude».
Redação