Apesar dos avisos da Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil para condições meteorológicas adversas a partir da noite desta quinta-feira, até ao momento, a situação mantém-se “normal” para um dia de chuva. Contudo, “desde a meia-noite de hoje [sexta-feira], os distritos mais afetados pela precipitação foram os distritos de Aveiro e Porto”, indicou fonte da Proteção Civil, em declarações à TVI24.

A mesma fonte acrescentou que, até ao momento, não há ocorrências relevantes por todo o país.

Esta quinta-feira, a Proteção Civil emitiu um aviso à população para a possibilidade de inundações em meio urbano e para a queda de árvores, devido a previsões de chuva intensa, que deverá estender-se até segunda-feira.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou os distritos de Viana do Castelo, Bragança, Castelo Branco, Guarda, Vila Real, Viseu, Braga, Porto e Aveiro em alerta laranja devido à previsão de períodos de chuva persistente, por vezes forte, entre as 21:00 horas desta sexta-feira e as 06:00 de sábado.

Já os distritos de Faro, Beja, Évora, Portalegre, Leiria, Santarém, Setúbal e Lisboa estão em aviso amarelo, devido à previsão de períodos de chuva persistente entre as 18:00 horas e as 21:00 desta sexta-feira.

Beatriz Céu