O mau tempo causou esta sexta-feira, em Coimbra, deslizamentos de terras e quedas de árvores que levaram à intervenção dos bombeiros em vários pontos do concelho, disse à agência Lusa uma fonte dos Bombeiros Sapadores de Coimbra (BSC).

Desde as 09h00, equipas dos BSC acorreram a uma dezena de locais, na cidade e arredores, em duas situações para remover terras e pedras que desabaram para a via pública, na rua da Baldeira (São Martinho do Bispo) e na estrada de Coselhas.

Em Cabouco, freguesia de Ceira, os Bombeiros Sapadores foram chamados «para cortar uma árvore de grande porte» que impedia o trânsito automóvel.

Outros cortes de árvores verificaram-se um pouco por todo o concelho, designadamente junto à Ponte-Açude, no rio Mondego, e nas povoações de Dianteiro, Póvoa do Pinheiro, Cegonheira (Antanhol) e Cernache.

Segundo os Bombeiros Sapadores, não houve registo de «quaisquer danos» pessoais relacionados com estas situações.
Redação