Um temporal abateu-se, esta quinta-feira, sobre a ilha da Madeira, levando à evacuação da localidade de Ponta Delgada, avança o Diário de Notícias da Madeira. Miguel Freitas, presidente da Junta da Ponta Delgada, fala numa situação de calamidade, que faz recordar a tragédia de 2010.

Se em fevereiro de 2010 foi o dia 20 de fevereiro, na Ponta Delgada nunca mais esqueceremos o 25 de dezembro.”

De acordo com o autarca, várias casas da localidade da Ponta Delgada já tiveram de ser evacuadas. Há casas inundadas e estradas intransitáveis. 

Se houver alguém que nos possa ajudar, por favor, ajudem-nos”, apela Miguel Freitas.

O comandante dos Bombeiros de Porto Moniz e São Vicente, Artur Fernandes, diz que a prioridade é preservar vidas nas freguesias da Ponta Delgada e Boaventura, enquanto a chuva continua a cair na costa Norte da ilha. O responsável dos bombeiros, citado pelo Diário de Notícias da Madeira, pede à população que “mantenha a calma”.

Vídeos publicados nas redes sociais mostram a força das águas, que transformaram as ruas em autênticos rios. Num dos vídeos é possível ver o cemitério da Igreja do Senhor Bom Jesus da Ponta Delgada completamente submerso.  

As más condições atmosféricas também têm estado a atingir o concelho de Santana, onde uma derrocada condicionou o trânsito entre o Arco de São Jorge e as Cabanas.

Trovoada, chuva e queda de granizo tem marcado o dia de Natal em grande parte da Madeira, excetuando a ponta oeste da ilha.

O arquipélago está hoje sob aviso amarelo para precipitação, mas o diretor do Observatório de Meteorologia da Madeira, Victor Prior, adiantou à Lusa que a previsão é que durante a noite as condições comecem a melhorar.

De acordo com Victor Prior, cerca das 18:00, a Estação Meteorológica registou 161 milímetros de precipitação no Porto Moniz, 115,7 milímetros no Pico do Arieiro, 90 milímetros em Santana, 76 no Pico Alto, 40 milímetros no Funchal e 39 milímetros em Porto Moniz.

Ao início da tarde, a Direção Regional de Estradas emitiu um comunicado onde dava conta de várias estradas encerradas precisamente nas localidades de Ponta Delgada, Boaventura, Santana e São Jorge.

Manuela Micael / ATUALIZADA ÀS 18:49