já foi mãe duas vezes



a mãe, o padrasto e os sogros da menor, que foram absolvidos da prática em coautoria de dois crimes de abuso sexual de crianças na forma agravada

"Nada foi trazido a tribunal que sustentasse a versão de que na génese dos crimes imputados aos arguidos esteve um casamento combinado entre duas famílias de etnia cigana, realizado segundo os costumes desta etnia", disse a juíza presidente.




"O tribunal avaliou a prova da forma como devia avaliar, ao contrário daquilo que fez o Ministério Público (MP), na fase de inquérito. Este caso nem sequer devia ter chegado a julgamento", disse o causídico.