O Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ), no Porto, revelou esta terça-feira que vai ativar “nas próximas horas” o nível três do seu plano de contingência para a covid-19, ficando suspensa parte da atividade cirúrgica programada.

À Lusa, o gabinete de comunicação do CHUSJ explicou que a ativação do nível três do plano de contingência (que possui quatro níveis) implica a alocação do serviço de medicina interna à covid-19, “tendo impacto direto na limitação da atividade cirúrgica eletiva”, ou seja, a suspensão de parte da atividade cirúrgica programada.

A ativação deste nível surge em resposta à necessidade de “aumentar” as áreas de internamento dedicadas à covid-19 e ao fluxo no serviço de urgência.

O reforço e a mobilização de recursos humanos das várias especialidades, para as diversas áreas, já se encontra em implantação, de acordo com o plano de contingência”, afirmou.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e oitenta e um mil mortos e mais de 37,8 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.110 pessoas dos 89.121 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

/ RL