A Sociedade Portuguesa de Oftalmologia propôs esta quinta-feira que o Estado contratualize directamente com os médicos privados consultas e cirurgias de oftalmologia para resolver o problema das listas de espera na especialidade, noticia a agência Lusa.

«Os oftalmologistas estão disponíveis para estabelecer acordos com o Serviço Nacional de Saúde, assim haja vontade política para o fazer», afirmou em conferência de imprensa Jorge Breda, presidente da Sociedade Portuguesa de Oftalmologia.

Para este responsável, o problema das listas de espera para cirurgia e primeira consulta de oftalmologia nos hospitais públicos portugueses é essencialmente político e não técnico ou de recursos humanos.

A ministra da Saúde, Ana Jorge, afirmou quarta-feira, no Parlamento, que na área da oftalmologia está identificada uma elevada lista de espera para cirurgias, nomeadamente às cataratas, mas que serão primeiro esgotadas as capacidades do sector público e só depois se avançará para a contratualização com os sectores privado e social.
Redação