Uma cidadã estrangeira, que transportava na bagagem uma elevada quantidade de cocaína, suficiente para comercializar 22 mil doses desta droga, foi detida no aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, esta sexta-feira.

A Polícia Judiciária detalha que a detida, de 37 anos, transportou a cocaína desde um país da América do Sul, estando a droga “meticulosamente dissimulada na estrutura de uma mala de viagem, de modo a dificultar a sua deteção e identificação pelas autoridades policiais”.

A detenção ocorreu durante o controlo que regularmente é exercido sobre os movimentos de passageiros com origem em países considerados de risco, visando a prevenção da introdução de droga em Portugal e em outros países europeus através de aeroportos internacionais.

A mulher, que responde por tráfico de estupefacientes, foi submetida a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

A investigação prossegue a cargo da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes (UNCTE) da Polícia Judiciária.