O SEF deteve no domingo, no aeroporto de Lisboa, quatro pessoas que transportavam droga, três delas no organismo, indicou, esta segunda-feira,aquele serviço de segurança.

Segundo um comunicado do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), os quatros passageiros estrangeiros foram intercetados por não comprovarem os objetivos da estada em Portugal e, após entrevista informal, suspeitou-se que pudessem ser ‘correios de droga’.

Aquele serviço de segurança adianta que dois passageiros detidos viajavam juntos e transportavam, cada um, entre 60 e 70 cápsulas de cocaína no interior do organismo.

Uma outra passageira detida no domingo viajava com cocaína líquida e em pó na vagina, no ânus, na cintura e nos seios, refere o SEF, sublinhando que foi ainda detetado um outro passageiro estrangeiro que transportava droga numa mochila.

Depois de realizado um exame de raio-X, comprovou-se a existência de uma matéria oculta na mochila - uma placa de uma substância que se presume ser cocaína.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras refere ainda que foi contactada a Polícia Judiciária, que transportou os passageiros para as suas instalações, bem como o material apreendido.