Um homem com cerca de 80 anos morreu esta quinta-feira, afogado numa vala adjacente ao rio Mondego, junto à Mata Nacional do Choupal, em Coimbra, disse à Lusa uma fonte dos bombeiros.

"O senhor estaria a lavar a viatura no local, terá escorregado e caído para dentro da vala", disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Coimbra.

O alerta foi dado às 18:56 e os meios dos Bombeiros Sapadores de Coimbra destacados para o local, na margem direita do rio Mondego, localizaram o corpo na vala - estrutura em betão que serve para a irrigação dos campos agrícolas - e retiraram-no já sem vida, adiantou a fonte do CDOS.

No local, além dos Bombeiros Sapadores de Coimbra, estiveram meios do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), PSP e GNR, num total de 18 operacionais, apoiados por sete viaturas.

Redação / AR