O Comando Territorial de Coimbra apreendeu, esta sexta-feira, 749 munições e 13 armas, em Mira. As buscas foram motivadas por uma investigação relacionada com violência doméstica.

As queixas partiram de uma mulher de 70 anos, que diz ser alvo de ameaças de morte e perseguição por parte do companheiro, um homem de 71 anos.

Na sequência das suspeitas, as autoridades realizaram uma busca domiciliária, onde, além das munições, terão encontrado as seguintes armas: três espingardas de caça; uma carabina; oito armas brancas; um machado.

As provas recolhidas foram remetidas para o Tribunal Judicial de Cantanhede.