Uma colisão entre um motociclo e uma viatura ligeira causou, neste domingo, um ferido grave, helitransportado para Coimbra, um ferido ligeiro e o corte da estrada, disse o adjunto do Comando dos Bombeiros Voluntários de Seia à agência Lusa.

Tiago Cabral contou que “o motociclo embateu na traseira da viatura ligeira e o condutor ficou em estado grave, um rapaz entre os 20 e 30 anos, que foi helitransportado para os Hospitais da Universidade de Coimbra”.

A colisão aconteceu na Estrada Nacional 231, que liga Nelas (Viseu) a Seia (Guarda) na localidade de Carvalhal da Louça, na freguesia de Paranhos, concelho de Seia, e o ferido grave é residente em Carregal do Sal (Viseu).

“Era um grupo grande que estava a fazer um passeio, tanto que, numa outra viatura seguia a mãe do rapaz que teve de ser levada para o Hospital de Seia para ser assistida”, explicou Tiago Cabral.

A EN231 esteve cortada ao trânsito “por pouco mais de uma hora” e, atualmente, encontra-se cortada no sentido Seia, Nelas, estando o trânsito a circular alternadamente e, o adjunto do comando, apontou que “deverá reabrir até às 16:30”.

O alerta foi dado às 12:50, segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda e, no local, estiveram 20 homens apoiados por seis viaturas e o helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) de Viseu.

/ CM