A circulação ferroviária na Linha do Norte esteve interrompida até às 12:00 nos dois sentidos junto à estação de Valadares, em Vila Nova de Gaia, devido a um atropelamento mortal, disse esta sexta-feira à Lusa fonte da proteção civil.

Segundo a TVI conseguiu apurar no local, a vítima ia distraída a falar ao telemóvel quando se deu o acidente. A composição que esteve envolvida no acidente era composta apenas pela locomotiva.

O maquinista ficou chocado com a situação, acabando por ter de receber assistência dos bombeiros presentes no local. Segundo o porta-voz dos bombeiros no local, Fernando Santos, a vítima teria entre 40 a 50 anos. O corpo terá sido projetado cerca de 100 metros.

O maquinista estava bastante emocionado e não tinha condições de continuar", adiantou o bombeiro.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) do Porto disse à Lusa que a circulação ferroviária foi interrompida cerca das 10:20, nos dois sentidos, por precaução, enquanto decorreram os trabalhos de remoção do cadáver e de limpeza do local.

Nos trabalhos estiveram envolvidos 16 homens e seis viaturas dos Sapadores de Gaia e Voluntários de Valadares, além do INEM e funcionários da REFER.