O movimento dos coletes amarelos está a organizar uma marcha lenta na ponte 25 de abril de apoio à greve dos motoristas, no próximo dia 12 de agosto. Para o efeito, foi criado um grupo na aplicação Whatsapp onde os manifestantes se poderão juntar.

Segundo avança o ECO, o Governo já foi alertado para a marcha, que deverá terminar com uma manifestação junto ao Parlamento. A ideia passa por paralisar a A1 e a A2, autoestradas que ligam Lisboa ao Porto e Lisboa ao Algarve, respetivamente.

O movimento dos coletes amarelos pretende uma ação concentrada em vários pontos e não apenas nos motoristas: “Não admitimos mais aumentos no preço dos combustíveis, exigimos melhores condições de trabalho para os nossos bombeiros, vamos reforçar a greve dos Camionistas!”, pode ler-se num dos textos publicados no evento criado na rede social Facebook.

A marcha tem dois pontos de partida, Corroios, no concelho do Seixal, e em Malveira, concelho de Mafra, e deverá culminar na Assembleia da República, por volta das 11:00 horas.