Pelo menos 30 pessoas dizem ter sido vítimas de burla por parte do dono de uma loja de computadores, em Lisboa. As vítimas terão pagado milhares de euros por aparelhos de alta gama, sendo que muitas das encomendas ainda não foram entregues.

O suspeito era um agente autorizado da Apple em Portugal, e encomedava computadores com a promessa de os entregar em poucos dias. Muitas das vítimas ficaram sem o dinheiro e sem o equipamento.

Uma das vítimas exigiu o dinheiro de volta, e acabou por receber uma mensagem do dono da loja com o comprovativo da transferência, mas não lhe foi devolvida qualquer quantia.

Agora, muitas das pessoas burladas juntaram-se num grupo, que aumenta de dia para dia.

Neste momento estão em marcha várias queixas na PSP e até no Ministério Público, mas as autoridades não sabem onde está o suspeito.