O deputado do PSD na Assembleia Legislativa da Madeira Luís Calaça garantiu, esta terça-feira que pedirá o levantamento da imunidade parlamentar após ter sido detido numa operação de fiscalização de trânsito, alegadamente por conduzir com excesso de álcool.

Face às notícias vindas a público em relação ao sucedido em 02 de dezembro asseguro que estou totalmente disponível para colaborar com a justiça”, afirma Luís Calaça em comunicado.

No comunicado, o deputado adianta que pedirá “à Assembleia Legislativa da Madeira o levantamento imediato” da imunidade parlamentar, “para que nada fique por esclarecer”.

Assumo, como sempre o fiz na minha vida pessoal e profissional, toda e qualquer responsabilidade advinda dos meus atos", acrescenta.

O deputado foi detido na madrugada do dia 02 de dezembro pela PSP no âmbito de uma operação de fiscalização de trânsito, alegadamente por conduzir com excesso de álcool.