A PRO.VAR sugeriu ao Governo o alargamento dos horários de funcionamento dos estabelecimentos aos fins de semana para um sistema com dois turnos, de forma a permitir a atividade durante o período do jantar.

Numa altura em que o executivo se prepara para decidir as novas medidas para a próxima etapa de desconfinamento, a associação apelou para que a “evolução positiva no cumprimento do uso de máscara” por parte dos portugueses se traduza num aumento do período de funcionamento.

Num documento intitulado “Medidas de Salvação do setor da restauração”, entregue esta semana ao Governo, a PRO.VAR propõe que o executivo mantenha a data de reabertura das salas dos Restaurantes, prevista para o dia 19 de abril, e altere os horários de funcionamento ao fim de semana (que atualmente obrigam a encerrar às 13:00), propondo a implementação de dois turnos (das 12:00 às 15:30 e das 19:00 às 22:30).

A razão desta proposta tem a ver com a necessidade de assegurar viabilidade económica das empresas pois a maioria da faturação é normalmente feita ao fim de semana e por outro lado combater a enorme concentração de pessoas entre as 12:00 e as 13:00 horas”, pode ler-se no documento.

A associação destacou ainda o ambiente bastante seguro e responsável que se vive no interior estabelecimentos, fruto de “regras extraordinariamente mais apertadas” por comparação com as esplanadas.

A crescente consciencialização para a necessidade do uso da máscara, nos momentos de socialização, elevou ainda mais os elevados níveis de segurança que estes espaços oferecem”, pode ler-se no documento.