A pandemia do novo coronavírus está a levar vários países a fechar fronteiras, deixando vários cidadãos retidos fora do seu país de origem. É o caso de Jorge Monteiro, um camionista português retido em Itália, na fronteira com a Eslovénia, que relatou esta terça-feira a situação vivida.

O português de Valongo deslocava-se de Itália com destino à Eslovénia, mas quando chegou à fronteira, foi proibido de atravessar a fronteira.

“Cheguei aqui à fronteira do lado da Eslovénia e a polícia italiana não nos deixou passar”, explicou, em declarações à TVI.

 Agora, sem “informação nenhuma”, o camionista aguarda resposta da sua empresa, que, garante, está a fazer contactos para resolver a situação, uma vez que “só entra na Eslovénia quem é esloveno".

“Está completamente fechada”, explicou, em declarações à TVI. “Nem que eu queira ir por outra fronteira, como pelo lado da Áustria, mas teria o mesmo problema porque estou a vir do lado de Itália”.

/ JGR