No fim de semana de 11 e 12 de setembro, foram administradas vacinas contra a covid-19 a cerca de 131 mil jovens dos 12 aos 15 anos, sendo que mais de 127 mil inoculações contaram como segundas doses.

“Durante este fim de semana, cerca de 23 mil jovens faltaram à segunda dose. À semelhança do ocorrido na semana passada, estima-se que a grande maioria destes jovens seja vacinada ao longo da presente semana, na modalidade “casa aberta”, referiu a estrutura que coordena a logística da vacinação.

O anúncio surge no mesmo dia em que a Task-Force afirma que o Centro de Vacinação do Queimódromo do Porto não será reaberto.

Em causa está a suspensão da atividade daquele centro de vacinação a 12 de agosto, depois de detetada uma alegada falha na cadeia de refrigeração de cerca de 1.000 vacinas.

A covid-19 provocou pelo menos 4.622.410 mortes em todo o mundo, entre mais de 224,2 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 17.861 pessoas e foram contabilizados 1.055.584 casos de infeção confirmados, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

Redação