O número de mortos registados nas últimas 24 horas em Portugal devido à pandemia de Covid-19 foi revisto em alta para 33.

A Direção-geral da Saúde (DGS) enviou uma retificação dos números do boletim divulgado esta terça-feira, informando que o número de mortos é afinal 33 e não 30, como estava indicado no documento.

"Registaram-se ao todo 33 óbitos até às 00 de 23 de março e não 30 como foi publicado", começa por informar a DGS nesta nota enviada às redações.

Os três óbitos que reportamos aqui, em acréscimo ao que foi referido, explicam-se com a existência de resultados que foram conhecidos após publicação do boletim", esclarece a mesma nota.

Já em relação ao caso dos Açores - no boletim a DGS reportou um morto nos Açores, mas as autoridades regionais negaram este óbito - a nota refere que se tratava de "um caso suspeito, que veio infirmado, ou seja, a DGS teve conhecimento após o fecho do boletim de que o resultado do teste é negativo para Covid-19".

Quase 80% dos óbitos são de pessoas com 70 anos ou mais.

Segundo os dados da DGS, dos 33 mortos confirmados em Portugal, 26 são pessoas com 70 anos ou mais (78,7%), cinco delas entre os 70 e 79 anos de idade e 21 (12 homens e nove mulheres) com mais de 80 anos.

As vítimas mais jovens tinham entre 50 e 59 anos (três casos).

Os dados registam ainda quatro vítimas mortais entre os 60 e os 69 anos de idade.

Segundo o novo boletim epidemiológico, estão confirmadas 14 mortes na região Norte, seis na região Centro, 12 na região de Lisboa e Vale do Tejo e uma no Algarve.

De acordo com o documento, há 2.362 pessoas infetadas pelo novo coronavírus (mais 302), a grande maioria (2.159) está a recuperar em casa e 203 estão internadas (mais dois), 48 das quais em Unidades de Cuidados Intensivos (mais uma).

Desde 1 de janeiro foram registados 15.474 casos suspeitos, dos quais 1.783 aguardam resultado laboratorial. Houve ainda 11.329 casos em que os testes não confirmaram a infeção e 22 doentes que já recuperaram.

A região Norte continua a registar o maior número de infeções, totalizando 1.130, seguida da região de Lisboa e Vale do Tejo (852), da região Centro (293), do Algarve (46) e do Alentejo (seis casos).

Há 12 casos na Madeira e 12 nos Açores. O boletim dá ainda conta de 11 casos de estrangeiros.

Portugal encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de quinta-feira e até às 23:59 de 2 de abril.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 360 mil pessoas em todo o mundo, das quais cerca de 17.000 morreram.

Sofia Santana